segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Brasil / Minas Gerais / Serra da Piedade


Em visita à Serra da Piedade, neste domingo, o dia foi curto para conhecer tantas belezas. Não visitamos o hotel. O restaurante e a lanchonete são muito bons, as sobremesas variadas e deliciosas, principalmente o tradicional doce de leite e o pudim de queijo. Na lanchonete, o pastel quentinho tem delicioso sabor.

Segundo Wikipédia, o alto da Serra da Piedade situa-se na "região metropolitana de Belo Horizonte, é um divisor de águas, contribuindo para a formação do Rio Doce, entre outros. É a continuação da Serra do Curral e localiza-se no limite norte do Quadrilátero Ferrífero, sua altitude chega aos 1700 metros de altura, por isso os ventos são constantes na região, e durante o inverno é comum a formação de geada.
Abriga o Observatório Astronômico da UFMG e os radares do CINDACTA, que monitoram os céus da região. O santuário de Nossa Senhora da Piedade, a padroeira do estado de Minas Gerais, é um local tradicional de romarias e está vinculado a muitas lendas."








Mesmo não sendo primavera, flores exóticas se encontram pelos caminhos de pedra. Imagino a partir de final de Setembro como deva ser!






Do alto se avistam várias cidades, entre elas Belo Horizonte, Sabará, Caeté. Nas fotos acima, aparece parte de Caeté, município onde se situa o alto da serra.








Infelizmente, nesta época do ano, as queimadas se proliferam e a fumaça sobe poluindo o meio-ambiente.






Em direção à Gruta do Eremita:












Em cada fenda entre rochas, diferentes e belas paisagens se mostram em molduras naturais.








quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Belô Poético - Excursão a Nova Lima e à Mina de Morro Velho




No caminho de entrada para o Centro de Memória Morro Velho, linda casa cercada com cerca de madeira e verde por todo lado. A exclamação geral foi: Que delícia seria passar uns dias hospedada ali!

Na quarta foto, Bilá Bernardes encantada com a floração da bromélia à beira do caminho.





Junto às bandeiras do Brasil e de Minas Gerais, está a da África do Sul, atual administradora das minas.

 A locomotiva foi o meio de transporte utilizado para levar os trabalhadores da cidade até a mina durante muitos anos.


Encantados com a paisagem e a conservação das construções seguimos as explicações dos funcionários do Centro de Memória.



Um dos cômodos guarda material utilizado no hospital da mina. Nas duas fotos acima, exemplos de pipetas e mesa cirúrgica desenhada e construida para o local.

 


 Balança de Precisão usada para pesar o ouro.







 Detalhe do jateado da porta

Emabixo, a ameixeira foi um atrativo à parte por ser mesa de almoço para lindos e exóticos passarinhos tão pequenos quanto o menor beija-flor e tão coloridos quanto um arco-íris. Infelizmente, quando consegui a fot, já se tinham ido, ficando apenas um que se mistura à folhagem no centro da fotografia.

 Bela igreja ao lado de um dos teatros de Nova Lima.  A acústica do teatro é tão perfeita que todo o público ouve bem sem necessitar que se aumente a voz e sem microfones. Muito bom!