terça-feira, 18 de maio de 2010

Outras fotos do Canal de Corinto






Bilá, Otaviano e Paulette - amiga de São Paulo que conhecemos na viagem.
Fomos premiados com a passagem de um barco enquanto fotografávamos do alto da ponte.

Peloponeso - Grécia - Canal de Corinto

Canal de Corinto   
Foto copiada de CD comprado em Olímpia: Greetings from... Greece. EditionsTOUBIS www.toubis.gr




O Canal de Corinto foi idealizado por Nero e executado no início do século XIX por um engenheiro úngaro que decidiu manter o projeto de Nero por considerá-lo a melhor maneira de se construir o canal.
Tem 6 km de comprimento, 24 metros de largura e 80 metros de profundidade.
Corinto é uma das cidades da região de Poloponeso.

Mapa de peloponeso do site: www.guiagrecia.com.br/mapa-peloponeso.jpg editado por Bilá Bernardes, mostrando as cidades onde esteve na região e marcando o canal de Corinto.

Museu em Epidauros e Olímpia




O Museu em Epidauros mostra, além de instrumentos médicos, esculturas imensas resgatadas do que sobrou de guerras e terremotos.

Otaviano, em frente ao busto do deus da medicina Asclépio, tambem chamado de Esculápio, segundo alguns - filho de Apolo. Abaixo, Otaviano e, em uma das inúmeras entrevistas que fez durante a viagem, é fotografado por Bilá Bernardes.


No Museu em Olímpia, o registro da presença de colega de profissão, de escola e professores comuns. Lucas fez direito na UFMG, um ano após Otaviano, que é da turma de 1966. Ao lado dele, a esposa Rosa e a amiga Rosana.

Peloponeso - Epidauro

Na região de Peloponeso - ao sul da Grécia - visitamos o Canal de Corinto, as ruínas e museu de Epidauro e nos hospedamos em Olímpia, berço das olimpíadas.
Em Epidauro, conhecemos o anfiteatro, patrimônio da humanidade, com diâmetro de 112 metros e 32 filas de assentos na parte baixa, 20 na parte central e 24 na superior, com capacidade para 12.000 espectadores que podiam ouvir, todos eles ( e ainda podemos), até o som de uma moeda caindo ao chão, no centro de um círculo marcado no chão. É surpreendente a acústica.
Também aprendemos sobre o deus da medicina e pude fotografar os rudimentares instrumentos médicos utilizados na época. Algumas das construções de Epidauro datam do século VI aC.
video






Olímpia é minúscula






Esta é uma igreja ortodoxa em Olímpia. Não pudemos entrar pois estava fechada; então fomos conhecer as pequenas ruas da cidade.



Otaviano e Lucas observam a coluna do Templo de Zeus, ainda de pé.





Alguns dos espaços que visitamos no Sítio Arqueológico de Olímpia. Na sua maioria, o que existem são ruinas.

Otaviano junto ao mapa do Sítio Arqueológico e, abaixo, junto à planta da cidade de Olímpia.


A cidade de Olímpia tem apenas uma rua e pequenas vias transversais.
O sítio arqueológico do lugar onde ocorreram os primeiros jogos olímpicos é maior que a própria cidade.


As roseiras de Olímpia são sem igual





Encontramos um grupo de crianças que identificou a bandeira do Brasil e começou a nos chamar: brasilian!!! - enquanto davam voltas em suas bicicletas. Sabem nomes de todos os jogadores da seleção de futebol do Brasil.

Visitas à Acrópole e ao Paternon em Atenas






http://www.blogger.com/img/blank.gif

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Na festa dançando com Emanuelle e assistindo a Zorba, o grego


O ritmo da dança grega é contagiante.
Veja que foto linda!




Após o jantar, na taberna, assistimos a shows de grupos locais. Vejam Zorba, o grego, em duas sequências de vídeo bem amador!

video


video

domingo, 16 de maio de 2010

Passeio pelo bairro Plaka em Atenas





video

Participando de encontros em taberna grega com show típico.

Ficamos na Praça

video



Enquanto a passeata prosseguia, caminhamos pela praça Omonia onde se localiza o hotel.
Ficamos a questionar os grandes ensinamentos de filósofos como Aristóteles, Platão, Demóstenes, Sócrates etc. Procuramos ouvir pessoas gregas que falam inglês e francês, além do grego claro. Entendemos que a Filosofia não faz mais parte do ensino médio, como um todo. Talvez aí a perda de princípios filosóficos que iluminaram pessoas do mundo inteiro, em todos os tempos, mas que agora faz falta na própria Grécia.

Nós tambem participamos. rs.

O hino nacional grego era executado na Praça e ouvia-se por muitos quarteirões em megafones espalhados.





Eu e Otaviano caminhamos junto aos manifestantes para sentirmos o clima do protesto.
Famílias inteiras caminhavam juntas por quilômetros e quilômetros de ruas. Era um movimento lindo em que, por mais de cinco horas pudemos observar a caminhada organizada ao som do hino nacional e de palavras de ordem até que o batalhão de choque da polícia chegou e um dos manifestamos atirou a garrafa de água ( aqui ainda há garrafa de vidro) nos policiais. Estes não reagiram mas isso atiçou a fúria de outros inúmeros manifestantes que jogaram as garrafas e copos de plástico sobre a polícia que passou a usar balas de efeito. Aí saimos de perto deles, claro.
video
Pena que a partir daí a violência de alguns provocou três mortes. No dia seguinte foi possível ver o resultado da violência com carros queimados e vitrines estilhaçadas até próximo à Acrópole.
Fico indignada com os noticiários da TV que só falam da parte violenta das manifestações. Nenhum deles registrou as mais de cinco horas da movimentação pacífica organizada e tão bela que presenciamos.




Hino da Grécia
Se gnoriso apo tin kopsi.
Tou spathiou tin tromeri,
Se gnoriso apo tin kopsi
Pou me via metra tin yi.
Ap' ta kokala vialmeni
Ton Ellinon ta iera,
Ke san prota andriomeni,

Haire, o haire, Eleftheria!

(repita as duas últimas linhas três vezes)

Tradução:
Hino da Grécia 

Reconheço-te pelo gume
Do teu temível gládio;
Reconheço-te por esse rápido olhar
Com que fitas o horizonte.
Saída das ossadas
Sagradas dos Helenos,
E pujante da tua antiga bravura,
Saúdo-te, saúdo-te, Oh Liberdade.


Em Atenas na passeata de greve dos trabalhadores



Dia 5 de Maio, hoje, após passar a noite em um navio, chegamos a Athenas. Achamos o povo triste e preocupado com a situação econômica e política da Grécia. Por isso, está ocorrendo uma grande mobilização popular contra o capitalismo e contra o governo.
Acompanhamos uma grande passeata, com aproximadamente dois milhões de participantes. Nunca vimos coisa igual. Foram horas e horas de manifestantes chegando organizados à praça e marchando junto aos que já seguiam.
Estas imagens são impagáveis.
A cadela se exibia para a direita e para a esquerda mostrando o estandarte que levava, enquanto caminhava ao lado da dona, junto aos manifestantes.

video


O hotel 2FaschionHouse, onde nos hospedamos fica na praça em que se concentram os manifestantes.