terça-feira, 28 de junho de 2011

Lisboa, Fátima e Sintra no ano 2000

Em Março de 2000, na primeira viagem a Lisboa, o Mosteiro dos Jerônimos foi o monumento que mais me encantou naquela cidade.

De longe, chamou-me a atenção, prendeu o olhar e só conseguia caminhar cada vez mais para perto dele.





E quanto mais nos aproximávamos, mais os detalhes se destacavam e mais surpreendente ficavam.


Apareceram, também, para tristeza do olhar, o descuido com a obra que não era tão branquinha nem tão limpa.







Fato que deixou-me triste, mas não tirou a beleza da arquitetura, nem o encanto da pedra esculpida com tanto zelo.





O interior do prédio, então, atrai ainda mais e encanta. Os arabescos tên forma peculiar; ao longe parece que estamos diante de fina renda. Observando mais, visualizo palmeiras - são os portais das colunas que circundam o pátio onde um jardim bem planejado fica aos nossos pés. 


No detalhe, parte dos entalhes do túmulo de Vasco da Gama que se encontra no interior da igreja.



Vários entalhes em metal direcionam meu caminhar.  Apesar de não poder usar o flash, a foto abaixo ficou interessante de se ver.


E à saída (entrada) não há como resistir a uma foto próxima à âncora que adorna parte dos jardins.




Torre de Belém, junto à fpz do rio Tejo


Próximo ao mosteiro, pode -se caminhar até o monumento aos 500 anos de D. Manuel, o navegador.





Vista lateral da bela igreja projetada para receber milhares de fiéis.





Depois de Fátima,  volta a Lisboa em ônibus.

Depois, viagem de trem até Cintra.


Primeiro passeio pelas ruínas do castelo dos Mouros no topo da montanha.  Caminhada até o alto feita ao lado de adolescentes que, com a família ou sós cumpriam tarefa escolar.





Conhecer primeiro os castelos dos Mouros foi planejado, por ser melhor a subida /descida da montanha pela manhã.

À tarde, o tempo foi dedicado ao belíssimo Palácio de Pena, popularmente descrito como  Castelo de Sintra. 
Ele fica na Serra de Sintra e tem uma história interessante na sua construção que justifica a diversidade de estilos. Sua origem é uma capela dedicada a Nossa Senhora da Pena substituída pelo Monastério Jerônimo construido no século XV.   Sobre as ruínas desse monastério, ergueram no século XIX, o castelo que visitamos.

Faça um tour pelo castelo, leia sobre o que oferecem aos turistas no site oficial.














Nenhum comentário:

Postar um comentário